Sem restrições, Panamá pode ser um ótimo destino de viagem - Passagem Aérea

Sem restrições, Panamá pode ser um ótimo destino de viagem

Zeca de chapéu

Sem restrições, Panamá pode ser um ótimo destino de viagem

Localizado em um ponto privilegiado da América Central, o Panamá atrai visitantes do mundo todo, em especial aqueles que estejam a caminho dos Estados Unidos ou do Caribe.

Embora durante estas viagens o país seja mais utilizado como destino de conexão, poucas pessoas sabem que o Panamá apresenta atrações paradisíacas que podem fazer da sua próxima viagem uma experiência única.

E, para quem pretende visitar o país o melhor de tudo: nós brasileiros não precisamos de visto para entrar, basta apenas estar com o passaporte com pelo menos seis meses de validade.

Caso você esteja esperando alguns motivos para conhecer o Panamá aqui vão alguns. Confira!

Cidade do Panamá

Organizada, limpa e com construções modernas, a Cidade do Panamá também é conhecida como a “Dubai das Américas”.

Como atrativos para explorá-la ao máximo a cidade oferece opções de alta gastronomia, bares, além de museus.

Para quem gosta de compras este destino também pode ser um verdadeiro paraíso!

Entre os locais preferidos dos turistas estão os shoppings Albrook Mall, Multiplaza Pacific e o Multicentro. A cidade também conta com um Duty Free com ofertas muito vantajosas. Não deixe de conferir!

Canal do Panamá

Construída em 1914, pelos Estados Unidos, esta obra incrível continua sendo admirada pela genialidade com que foi projetada, principalmente por unir os Oceanos Atlântico e Pacífico, encurtando a distância para as embarcações.

Outro detalhe que impressiona são os cerca de 80 quilômetros de extensão, além de sua altura: de um edifício de sete andares.

Estas marcas fizeram do Canal uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Casco Viejo

Casco Viejo é o bairro mais badalado da Cidade do Panamá, mas também o menor deles. Com apenas quatro avenidas, Casco Viejo tornou-se um verdadeiro point na cidade, além de ser um distrito protegido pela UNESCO.

A pouco tempo atrás, inúmeras as gangues patrulhavam essas ruas estreitas de tijolos e os visitantes ficavam longe. Porém, hoje em dia as grandiosas casas coloniais e fachadas em tons pastel se transformaram em alguns dos endereços mais elegantes da capital panamenha.

Arquipélago San Blas

Areia branca e água azul turquesa: estas são as características que marcam o Arquipélago San Blas formado por incríveis 360 ilhas paradisíacas.

Situado às margens do mar do Caribe, este arquipélago é gerenciado pelos Kunas, grupo indígena que habita a região.

Para chegar até lá, entretanto, é necessário percorrer uma estrada sinuoso por cerca de 2h30 e mais alguns minutos de barco a partir da capital panamenha.

Um caminho longo que com certeza acaba sendo recompensado pelas paisagens que o local proporciona!

Bocas del Toro

Apesar de ser muito frequentado por mochileiros e surfistas, Bocas del Toro se destaca por manter um clima de tranquilidade e aconchego.

Localizada a cerca de 45 minutos da capital do panamá, é composta por nove ilhas principais, além de outras 200 praticamente intocadas.

Se definir Bocas del Toro como ponto de parada a dica é aproveitar o período da manhã para a prática de surfe já que além do esporte você também pode ter, durante a atividade, um encontro com golfinhos que habitam a região.

Já o período noturno é a oportunidade para se curtir a agitação local.

Ilha de Coiba

Outro ponto bacana de se visitar durante sua passagem pelo Panamá é a Ilha de Coiba.

Parte integrante de um arquipélago formado por 28 ilhas, a Ilha de Coiba integra o Parque Nacional Marinho de Coiba.

Maior ilha da América Central, está situada a cerca de 25 minutos da Cidade do Panamá e, em 2005 foi declarada patrimônio mundial da UNESCO.

Praticamente intocada, 75% de sua superfície é ocupada por florestas.

Entre as principais características da ilha que, conta com reservas naturais de rara beleza, o mar que a rodeia é de um belo azul turquesa, enquanto que a fauna local costuma contar com a visita de baleias jubarte e seus filhotes.

Aproveite para praticar mergulho na região e desfrutar da companhia de várias espécies de peixes e tartarugas marinhas. Em terra firme, entre as espécies que podem ser apreciadas estão iguanas, pássaros e até mesmo alguns crocodilos.

Biomuseo

Localizado na área exclusiva de Amador, este é o museu mais famoso da Cidade do Panamá e foi projetado pelo famoso arquiteto Frank Gehry.

Composto por oito galerias, se concentram neste museu as origens do Panamá e seu impacto na biodiversidade do planeta.

Além disso, depois de visitá-lo, uma sugestão é caminhar pelo Jardim da Biodiversidade e desfrutar da tranquilidade do caos da cidade. O museu está aberto todos os dias, exceto às segundas-feiras.

Não deixe de provar o prato típico do Panamá: o ceviche

Que tal visitar o Panamá e saborear a deliciosa culinária local? Pois bem, a principal comida típica por lá é, sem dúvidas, o ceviche.

Preparado com frutos do mar crus curtidos em limão e cebola e outros temperos mais ele é servido gelado, como uma espécie de salada e é perfeito paras as tardes quentes panamenhas.

Por fim, gostou destas dicas de viagem? Então acesse agora mesmo www.passagemaerea.com.br e confira as opções de passagem e hospedagem para toda a família e boa viagem!

Portanto, aproveite esta dica e feche já a sua viagem!

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/passagemoficial
Siga no Instagram: www.instagram.com/passagemaereaoficial
E-mail: [email protected]
Se precisar de alguma ajuda, basta entrar em contato que ajudaremos no que for preciso.


Os comentários estão desativados.



ÚLTIMOS POSTS

2021 Tec4You. Todos os direitos são reservados.