Dica de Destino Turístico: Marrocos

País africano fica a apenas uma hora de barco da Espanha

17/12/2017 Bruno Mancini

Atualizado em: 7 de Março de 2018

Marrocos ficou famoso no Brasil após a gravação da novela Global O Clone, em meados dos anos 2000. No entanto, há muito mais o que descobrir nesse país africano do que a televisão foi capaz de mostrar.

O país é de maioria muçulmana e é considerado um reino desde 1957. Por ter sido dominada pela França, por lá é possível se comunicar pelo idioma francês ou em árabe, a língua oficial e mais falada.

A região é banhada por mais de 2.800 quilômetros do Oceano Atlântico e por mais 530 quilômetros do Mar Mediterrâneo. O país ainda tem um sétimo de seu território acima de dois mil metros acima do nível do mar. Faz fronteira com a Argélia e com a Mauritânia, mas a boa notícia é que fica a apenas uma hora da Espanha em uma viagem de ferry boat.

O sol toma conta das ruas de Casablanca praticamente o ano inteiro, assim como a poeira do deserto do Saara. Casablanca é um destino muito procurado pelos turistas por conta de suas praias encantadoras e por seu comércio atraente.

A gastronomia de Casablanca e do Marrocos é muito variada e rica. Seus pratos vêm dos povos nômades do deserto, de mediterrâneos, árabes e franceses. As refeições são adicionadas por toques açafrão, limões em conserva e hortelã.

O QUE FAZER EM MARROCOS ?

A cidade de Casablanca é muito movimentada, barulhenta e um pouco suja. No entanto, há muitas opções interessantes para visitar por lá e, de quebra, conhecer outras cidades próximas – abrindo até mesmo possibilidade para ir até o sul da Espanha.

Um dos destaques de Casablanca é a Hassan II Mosque, a segunda maior mesquita do mundo. Sem minarete tem 210 metros. A construção é moderna e a obra foi concluída em 1993. É um lugar muito lindo e que vale a visita.

Sua arquitetura é muito bonita e toda a construção prezou por detalhes em mosaicos, madeiras, granitos, lustres e portas. A mesquita fica a cinco quilômetros da Gare Casa Voyageurs e só é possível acessá-la com guias oficiais.

Após visitar a mesquita, não deixe de conhecer Medina. Ela é repleta de pequenas lojas e muitas mercadorias. Mas tome muito cuidado com o que vai comprar, já que nem tudo é de qualidade.

Se quiser conhecer outra medina, vá até Rabat, a capital de Marrocos e visite uma mais sossegada, limpa e segura. É possível caminhar melhor e encontrar muitos artigos de couros e diversos temperos.

GASTRONOMIA MARROQUINA

A cozinha do Marrocos é bastante desejada pelos turistas. É famosa por seus aromas perfumados e pratos agridoces. O prato típico mais consumido é o cuscuz, mas um pouco diferente do que é consumido no Brasil.

Ele é preparado com bolinhas de sêmola de trigo, que são cozidos ao vapor e são acompanhados de verduras, frango ou borrego. Dependendo da região onde é consumido, pode ter outros ingredientes.

Outra iguaria é o tajín, um guisado de carne com verduras e frutos secos, cozidos em um recipiente de barro que dá nome ao prato. Nos demais pratos o uso de verduras é muito comum.

As carnes mais utilizadas são o frango, as aves de quinta e o borrego. Normalmente são cozidas ao vapor, marinadas ou estufadas. Os peixes são muito consumidos principalmente nas cidades costeiras.

Outro ingrediente bastante comum é a especiaria. As mais utilizadas são a canela, cominho, pimenta preta, gengibre, sésamo, menta e açafrão. Durante a elaboração dos pratos é também comum utilizar azeitonas, laranjas e limões.

Marrocos - Africa

Compartilhe:


Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *