Como chegar a Florença

Não há voos diretos entre o Brasil e Florença. A opção é fazer conexões em aeroportos europeus. Para quem já está na Europa, a melhor saída é garantir sua passagem por meio de voos de empresas low cost, que possuem baixo custo.

O aeroporto de Florença é o Amerigo Vespucci, também chamado de Firenze Peretola. Ele recebe, diariamente, voos das principais cidades da Europa, como Paris, Londres, Madri, Frankfurt, Roma e Viena.

O aeroporto fica aberto das 4h30 até 0h30, ficando a apenas seis quilômetros de distância do centro da cidade. Para chegar até lá, o turista pode pegar ônibus, táxi, alugar carros e até mesmo contratar serviços de limusine.

Se optar pelo ônibus, a parada fica no fim da pista principal do aeroporto e o bilhete custa seis euros. O valor pode ser pago diretamente ao motorista e o serviço funciona todos os dias, inclusive feriados, das 6h às 20h30, com saídas a cada meia hora.

O táxi é outra opção. Eles estão disponíveis até 0h30 e tem corridas tabeladas. O preço até o centro fica por volta de 20 euros, enquanto em feriados sai por 22 euros. Na madrugada a tarifa sobe um pouco mais 23,30. È cobrado o valor de um euro por bagagem.

Quem quiser inovar, pode fazer o trajeto entre o aeroporto e o centro de Florença de limusine, por 60 euros aproximadamente. O preço varia de acordo com o modelo do carro e a quantidade de assentos disponíveis.

A última opção fica por conta do aluguel de carro, localizado na saída do aeroporto. São oferecidas vans a cada 20 minutos para levar os passageiros até a área de aluguel, operada por sete empresas.