15 situações que são inusitadas e proibidas na Coreia do Norte

Calça jeans e comemorar Natal são apenas algumas delas

4/12/2017 Bruno Mancini

Atualizado em: 8 de Março de 2018

Considerado o país mais fechado e ditatorial do mundo, a Coreia do Norte, do ditador Kim Jong-un, não pensa duas vezes para prender ou até mesmo condenar à morte cidadãos que não seguem as normas à risca.

Adorar seus líderes, que devem ser reverenciados diversas vezes ao dia, é apenas um dos mandos. Não é permitido qualquer questionamento político, considerado traição e passível de pena de morte.

Apesar do controle, algumas coisas básicas vêm mudando no país: casais já podem se beijar em público e mulheres não são mais proibidas em andar de bicicleta.

Confira abaixo 15 situações inusitadas na Coreia do Norte:

ROUPAS JUSTAS E DECOTADAS
Totalmente proibidas! O código de vestimenta do país é muito conservador e recatado. Mostrar o umbigo em público pode levar a pessoa à prisão.

BIQUÍNIS
Mulheres podem usar apenas maiôs discretos em piscinas e praias.

CALÇAS JEANS
O símbolo do imperialismo americano é totalmente proibido no país. Apesar do ódio pelos Estados Unidos, a Coca-Cola é consumida livremente.

FOTOGRAFIA
As fotografias só podem ser tiradas com autorização do governo. É comum que estrangeiros tenham máquinas e celulares vasculhados ou apreendidos enquanto visitam o país.

INTERNET
Poucas pessoas da elite militar e do governo possuem acesso à internet. Os demais habitantes e até mesmo turistas podem, no máximo, acessar uma intranet totalmente controlada pelo governo.

RELIGIÃO
Todas as religiões são vetadas e todos os cidadãos são obrigados a cultuar os governantes como deuses. Se alguém for pego rezando ou com uma Bíblia pode ser mandado para os campos de trabalhos forçados ou ser executado.

NATAL
Esqueça! Comemorar datas religiosas, como o Natal, é expressamente proibido.

SORRIR
É expressamente proibido ficar feliz quando o país decreta luto. No aniversário de morte de Kim Il-sung, avô de Kim Jong-un e fundador da dinastia, por exemplo, é estritamente proibido sorrir, falar alto, beber álcool e dançar.

FALAR COM ESTRANGEIROS
Os turistas que visitam a Coreia do Norte são vigiados todo o tempo e recebem orientações para que não conversem com moradores.

LIGAÇÕES PARA O EXTERIOR
Cartões SIM de celular são bloqueados para evitar qualquer contato com o exterior.

PORNOGRAFIA
A pornografia é considerada crime na Coreia do Norte. Possuir, consultar ou distribuir qualquer matéria com conteúdo adulto também é proibido.

NOME DO LÍDER
É proibido ter o nome de Kim Jong-un. Um decreto assinado em 2011 por Kim Jong-il, pai do atual ditador, estabeleceu que nenhuma pessoa na Coreia do Norte poderia ter o mesmo nome de seu filho.

PARENTE CRIMINOSO
Quando uma pessoa comete crime, toda a família é condenada. Pais, irmãos, filhos, avós e tios, todos são presos e sentenciados a trabalhos forçados – ou executados – para pagar pelo crime do familiar.

NÃO FAZER REVERÊNCIA AOS LÍDERES
Todos os cidadãos devem passar em frente a uma imagem dos líderes e fazer referências. Estátuas e cartazes de membros da família Kim estão presentes em todas as ruas da capital Pyongyang e o regime observa de perto se todos cumprem os rituais de reverenciar a imagem dos líderes.

DOBRAR IMAGEM DOS LÍDERES
Os jornais são estatais e recheados de fotos de Kim Jong-um e não podem ser dobrados.

Coreia do Norte

Compartilhe:


Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *