Como tirar o visto para entrar no Japão? - Passagem Aérea

Como tirar o visto para entrar no Japão?

Zeca de chapéu

Como tirar o visto para entrar no Japão?
Confira um passo a passo que vai auxiliá-lo a conseguir autorização para entrar no país oriental

Pensando naquele turista que talvez esteja programando uma viagem para o Japão, resolvemos
apresentar um passo a passo com o objetivo de esclarecer possíveis dúvidas sobre o visto de
turismo para ingressar na terra do sol nascente. Portanto, fique de olho nessas dicas!

Primeiramente, vale destacar que o visto japonês pode ser utilizado por turistas que tenham como finalidade uma
viagem de lazer, trabalho ou apenas para conexões em aeroportos japoneses. Além disso, se você está
pensando em embarcar nesta aventura tendo como objetivo exercer algum tipo de atividade
remunerada este visto não lhe concederá esta permissão, ok?

Uma boa notícia: Surpreendentemente, diferentemente do visto americano, o processo de solicitação não conta com
entrevistas, questão que geralmente causa um certo receio e pavor em quem ingressa com este
processo de solicitação de visto.

Desta forma, basta preencher todos os formulários e documentos com cópias, e apresentá-los ao
consulado mais próximo de sua casa ou à Embaixada do Japão no Brasil.
Portanto, confira o passo a passo para obter a autorização:

1. Pedido e foto

Primeiramente, o primeiro passo é fazer a solicitação formal do visto, no site da Embaixada do Japão ou em dos
seus consulados. O formulário pode ser obtido no link http://www.br.emb-
japan.go.jp/pdf/formulario_visto.pdf

Na solicitação é necessária a inclusão de uma foto com fundo branco e sem data de tamanho 4,5
por 4,5. Além disso, a foto tem que ter no máximo seis meses. As fotos 3×4 também são aceitas. As partes da
cabeça e rosto não podem estar escondidas por qualquer tipo de adereço como chapéus, exceto
por motivos religiosos. Em seguida, você deverá preencher com letra de forma ou digitada
seus dados pessoais além das informações da viagem. Há ainda perguntas sobre deportações e
crimes. Por fim, insira a data e assine o documento.

2. Documentos

O próximo passo para ingressar com o pedido é separar as cópias autenticadas dos seguintes
documentos (alguns consulados aceitam cópias simples), expedida há no máximo seis meses:
1. Passaporte válido (e os passaportes anteriores com visto japonês);
2. Formulário impresso da SOLICITAÇÃO DE VISTO PARA ENTRAR NO JAPÃO;
3. Uma foto com fundo branco e sem data no tamanho 4,5 X 4,5 (ou 3X4) recente e tirada há no
máximo 6 meses;
4. Reserva de passagem de ida e volta;
5. Cópia autenticada da carteira de identidade RG;
6. Cópia de todas as páginas, incluindo o recibo de entrega de sua declaração de Imposto de
Renda Pessoa Física;
7. Além disso, documentos que comprovem a finalidade da viagem. Como a viagem pode ser para diversos
fins verifique qual se encaixa no seu perfil. As opções são:

Se a viagem for a negócios:
Carta da Empresa contendo o cronograma da viagem informando o período de permanência,
locais a serem visitados, nomes dos hotéis, respectivos endereços e telefones. Mencione ainda o
responsável pelo custeio das despesas.
Se o motivo for turismo.

O cronograma da viagem deve ser escrito pelo próprio passageiro contendo o roteiro, no modelo
da Embaixada ou anexado o panfleto do pacote turístico. No formulário, basicamente eles pedem
as cidades a serem visitadas em cada data e o contato dos hotéis onde você se hospedará.

Por fim, em casos de congressos, concursos ou torneios esportivos:
Carta convite individual ou convite múltiplo em japonês;ou ainda panfleto explicativo sobre o
evento ou algum documento que o substitua.
Além disso, se a passagem pelo Japão é apenas de trânsito adquirir o visto do país para o qual se destina antes de ingressar com o visto japonês, caso seja necessário.

3. Taxas

Para saber o valor a ser pago pela emissão do visto e outros valores consulte o link
https://www.sp.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/visto_taxas.html . O pagamento, entretanto, deve ser
feito no momento da solicitação, em dinheiro, junto ao guichê do Setor de Visto.

4. Pedido/solicitação

Com todos os documentos em mãos, dirija-se à embaixada ou consulado mais próxima a sua
residência para fazer a solicitação. É aconselhável que a solicitação de visto seja realizada
preferencialmente às segundas, quartas ou sextas-feiras, uma vez que às terças e quintas-feiras
pode haver congestionamento devido ao atendimento às agências.

Além disso, o tempo de análise para vistos de curta permanência ou de trânsito é de dois dias.
Para dar entrada ou retirar o visto é obrigatória a presença do próprio requerente. Por fim, em caso de
impossibilidade, serão admitidas solicitações ou retiradas mediante a presença apenas de
familiares em primeiro grau o que inclui pais, irmãos e cônjuges, munidos de documentação que
confirme o parentesco ou de representante com procuração.

Por fim, também pode ser solicitado por meio de agência de viagens cadastradas junto ao consulado ou à
embaixada japonesa.
Dúvidas adicionais podem ser esclarecidas junto a Embaixada do Japão no Brasil no endereço
http://www.br.emb-japan.go.jp.

Portanto, aproveite esta dica e feche já a sua viagem!

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/passagemoficial
Siga no Instagram: www.instagram.com/passagemaereaoficial
E-mail: [email protected]
Se precisar de alguma ajuda, basta entrar em contato que ajudaremos no que for preciso.


Os comentários estão desativados.



ÚLTIMOS POSTS

2020 Tec4You. Todos os direitos são reservados.