Círio de Nazaré é declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade

5/12/2013 Vinicius

Atualizado em: 5 de dezembro de 2013

Na última quarta-feira (4), a Procissão do Círio de Nazaré de Belém, no Estado do Pará, na Amazônia Brasileira, foi inscrita na lista de Patrimônio Imaterial da Humanidade da Unesco.

A Oitava Reunião Anual do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Imaterial da Unesco obteve 14 novos elementos inscritos na lista. Segundo a Unesco, as festividades de Nossa Senhora de Nazaré misturam o religioso e o profano, refletindo, assim, o caráter multicultural da sociedade brasileira.

Todos os anos, no segundo Domingo de Outubro, é celebrada a Procissão do Círio de Nazaré de Belém. Multidões viajam de todo o país para acompanhar o transporte de uma imagem de madeira da Virgem Maria da catedral da Sé até a Praça do Santuário de Nazaré, em Belém.

Junto à Procissão, a arte de tecer o “jamdani”, fabricado à mão por artesões em Dacca, em Bangladesh e a pesca de camarão a cavalo em Oostduinkerke, na Bélgica, também foram inscritos na lista de Patrimônio Imaterial da Humanidade. Ainda segundo a Unesco, a lista é um elemento de promoção para dar mais visibilidade aos patrimônios da humanidade. Ela passa a reconhecer tradições que refletem as diferentes culturas das comunidades mundiais.

Com a Procissão do Círio de Nazaré, o Brasil possui quatro bens imaterias na lista da Unesco, são eles: o Samba de Rosa do Recôncavo Baiano, a Arte Kusina – Pintura Corposal e Arte Gráfica Wajãpi, além do Frevo, como expressão artística do Carnaval de Recife.

 

Compartilhe:


Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *