Cidade subterrânea de Roma será aberta para turistas

28/08/2013 Vinicius

Atualizado em: 28 de agosto de 2013

Uma cidade subterrânea foi descoberta nas ruínas da Villa Adriana, mansão romana do imperador Adriano (76-138 d.C.), datada do século II, em Tivoli, província de Roma.

A cidade não era desconhecida, porém seu descobrimento foi casual e inesperado.

A existência desse local impressionou os arqueólogos e pesquisadores, ao descobrir por acaso, uma cavidade natural entre os escombros do palácio romano. Coberto por arbustos, uma passagem foi encontrada, revelando segredos fiéis do Império Romano. Na verdade, tratava-se de corredores subterrâneos utilizados como descanso para os convidados do imperador.

Por ser subterrânea, a cidade ficou relativamente intacta, podendo hoje ser objetivo de pesquisa de arqueólogos que querem ter uma ideia fiel da vida no século II.

Em breve, a cidade poderá ser visitada por turistas.

A cidade de Tivoli fica a 30 km de distância da capital, com 46 mil habitantes e 68 km² de extensão. Possui dois patrimônios mundiais da Unesco, além de sítios arqueológicos belíssimos que valem a pena ser visitados.

 

Compartilhe:


Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *